RÁDIO WEB CEDEPPE

Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos

Qualidade e Gerenciamento de Projetos - Brasil, África, América Latina

Nossos Posts

LIDERANÇA COM RESPONSABILIDADE

Se você é do tipo suscetível as más notícias e as opiniões alheias  e toma  ou deixa de tomar decisões com base nisso, convido-o a lembrar de quantas vezes já se deparou diante desta pergunta: Se eu fizer tal coisa ou agir de determinada forma, o que pensarão de mim ?

Criticas e receios indica que temos medo de não sermos reconhecidos ou aceitos pelas pessoas e pela sociedade, mesmo que sejamos coerentes com aquilo que somos e sentimos.O paradigma do certo ou errado, do preto ou branco não passa de uma ilusão.  Pensemos: O que está certo absolutamente ou errado totalmente?  A partir de que ponto de vista essas afirmações foram feitas?

Somos imperfeitos e  insistimos em exigir o contrário para sermos felizes ?  Então aguentemos  a crítica que  simplesmente nos faz sofrer ainda mais.  Lidar com isso de uma forma positiva é possível.

A posição de liderança não chega em nós por acaso. Consciente ou inconscientemente a procuramos, portanto ela é nossa, assim como a responsabilidade pelos liderados, nossa vida, pensamentos, ações, escolhas e decisões influenciam direta ou indiretamente a vida deles. Eles e nós somos suscetíveis às opiniões daqueles que nos cercam. Como temos feito nossas críticas? Como temos nos responsabilizado pelo que cativamos e conquistamos ?

Se nos  responsabilizarmos por nossos pensamentos, palavras e ações, aqueles que estão à nossa volta poderão viver mais satisfeitos. Está em nossas mãos  permitir que nossos  liderados sintam-se aceitos, reconhecidos e amados. Como?  Transmitindo  as notícias de forma gentil, ainda que não sejam positivas, assim despertaremos e receberemos reconhecimento e comprometimento.Lidar com a crítica de forma positiva pode ser um desafio para quem já está habituado a recebê-la ou realizá-la com agressividade.

Para  evitar transtornos causados por  críticas e opiniões soltas, lembrei-me de algo que aprendi com um colega de  profissão, o qual me narrou que na época do Jânio Quadros, ele, Jânio, adotava uma postura que era infalível quando alguém o acusava ou murmurava sobre aspectos da sua vida pública. Se uma pessoa falasse mal dele, sempre que possível,  ele  ía até a pessoa e olhando em seus olhos lhe dizia: Escreva a sua opinião ou acusação ASSINE E DISTRIBUA porque amanhã de manhã vou processá-lo(a) por calúnia e difamação. 

Creio que uma postura corajosa como esta pode servir de base  para líderes como um bom exemplo quando tiverem reclamações ou palpites sem fundamentos em sua direção e na direção de sua equipe.

Em suma:  Opiniões  quando injustas e multiplicadas através de fofocas adotam mais seriedade quando assinadas  por seus autores.

Regina Célia L.Galeão Coutinho

Jornalista MTB 41.909

Fonte: Assessoria de Mídia - Cedeppe